Qual é o estado emocional que você se encontra?

 

 

Seu estado psiquico/emocional influencia (e muito) nas suas relações e na sua vida. Esteja atento a eles!

 

Se você não estiver em paz consigo mesmo, não haverá e não encontrará paz ao seu redor, e isso acontece porque cada um de nós vivencia  e sente a vida exatamente como está internamente.

 

Quando o estado psiquico/emocional está ou é habitualmente negativo, logo, é também destrutivo. Dessa forma, consequentemente, afeta diretamente as suas relações (todas elas) e a sua vida.

 

Viver neste estado te faz ter uma percepção negativa da vida, de tudo e todos ao redor, o que causa profundo desgaste, mal estar, além de diversos sintomas psicossomáticos.

 

Com certeza, se você se identifica com o que estou escrevendo, você busca por mudanças internas e a hora dessa mudança acontecer é agora. Porém, essa transformação só acontece de dentro para fora, ou seja, a iniciativa tem que ser sua - somente sua.

 

Minha Psicodica neste caso é para que você comece a ter mais domínio sobre o seu comportamento e pensamentos. Não alimente nada, absolutamente nada que te deixa com uma percepção sombria e negativa da vida e das situações rotineiras. Tenha uma visão mais ampla e positiva e mude alguns pontos de vista.

 

Experimente viver a sua vida com leveza, com calma.

 

Sinta-se uma pessoa realizadora mantendo, assim, sua autoestima e autoconfiança equilibradas.

 

Pare de pensar no que te faz mal, como por exemplo, algumas lembranças, recordações e alguns fatos do passado ou até mesmo do presente. Esses pensamentos só envenenam sua mente e seu corpo e aniquila com o seu humor, tornando-o mais precário ainda.

 

Sigmund Freud disse: “É preciso saber qual a sua responsabilidade  na desordem da qual você se queixa!”.

 

Sendo assim, diariamente reflita e identifique a causa daquilo que te deixa para baixo, mal humorado, infeliz, com uma visão negativa de tudo e todos. Ao identificar, será possível resolver, elaborar, mudar de vida, de estado psiquico/emocional e, finalmente, viver em paz!

 

Abraços carinhosos,

 

Marilene Kehdi

 

 

# psicodicadasemana por Marilene Kehdi